Bicicleta em Toronto: Tudo o que você precisa saber

Utilizar a bicicleta faz bem à saúde, ao meio ambiente e ao bolso. E com 563 Km de rotas de bicicletas pela cidade, dá para imaginar porque, atualmente, cerca de 1,4 milhão de moradores usam a bicicleta como meio de locomoção aqui em Toronto.

SPRING IN TORONTO

E quando chega Primavera/Verão por aqui, pedalar se torna uma das minhas atividades preferidas da cidade. Tanto que este ano farei uma série de Bicicleta por Toronto, onde mostrarei rotas que você pode seguir para explorar a cidade.

Mas para começar, nada melhor que explicar a parte, digamos técnica de se pedalar em Toronto, como regras e afins.

A prefeitura tem regras estritas e aplica multas a quem não as cumpre.

A Prefeitura de Toronto  também disponibiliza uma cartilha completa com todas as regras além de dicas para você aproveitar melhor seus passeios. Para baixar em português clique aqui.

E eu também deixo aqui algumas dicas minhas para você aproveitar as ciclovias de Toronto ao máximo

1- Relaxe com cuidado

As ciclovias são bastante utilizadas por aqui, principalmente no horário de pico. Eu recomendo começar a pedalar por aqui fora desses horários até se acostumar e se sentir seguro, já que o fluxo costuma ser, além de intenso, muito rápido.

Fique atento à velocidade dos demais e mantenha-se à direita para ajudar a ser ultrapassado. não vire bruscamente à esquerda porque pode ter alguém tentando lhe passar.

Eu estou pensando seriamente em comprar um retrovisor porque facilita muito para ver se tem alguém atrás de mim e evitar acidentes.

SPRING IN TORONTO

2- Use capacete

O capacete é obrigatório apenas para menores de 18 anos, mas eu não pedalo sem o meu. Como falei, o fluxo é intenso e acidentes podem acontecer. Quedas de bicicletas costumam ser simples, mas uma pequena batida na cabeça pode ser fatal.

SPRING IN TORONTO

3- Trace a rota antes de começar

As ciclovias podem ser confusas para quem está começando, já que há algumas separadas dos carros, outras com faixas apenas pintadas no asfalto e até algumas que são contra o fluxo.

O Google Maps traça muito bem as rotas de bike aqui em Toronto. Se você colocar seu telefone em um suporte na bicicleta pode ir seguindo as instruções do aplicativo.

De qualquer forma, antes de sair de casa eu vejo a rota pelo menos para ter uma ideia das esquinas em que tenho que virar.

4- Proteja bem sua bicicleta

Infelizmente, Toronto é conhecida por ter muitos furtos de bicicleta. Use uma boa trava (se puder até duas) para prendê-la sempre que deixa-la em algum lugar.

5- Leve dinheiro ou cartão do transporte público

Sempre tenho comigo meu cartão de transporte para poder voltar, caso eu me perca ou fique muito cansada. Você pode levar sua bicicleta em qualquer transporte: ônibus, metrô, bonde, etc, desde que fora do horário de pico.

Sobre o Bike Share Toronto

Se você não tiver bicicleta ou estiver apenas visitando a cidade, pode utilizar o serviço de bicicleta compartilhada.

Você paga pelo passe que pode ser diário, de alguns dias ou mensal, e pode destravar uma das bicicletas paradas em locais específicos.

O tempo máximo de permanência em cada bicicleta é de 30 minutos (a não ser que você pague taxas adicionais), mais que suficiente para você chegar de um ponto de bicicletas a outro.

Eu acho uma ideia ótima para trajetos curtos ou um dia em que você quer visitar vários pontos turísticos da cidade. Você pode, por exemplo, pegar uma bicicleta em Waterfront, pedalar até a CN Tower. Depois de visitar a torre, você pega outra bicicleta e pedala até o Distillery District… e assim sucessivamente.

Para saber mais sobre o Bike Share Toronto, acesse a página clicando aqui.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *