PATHS DE TORONTO

Talvez mais curioso que as temperaturas extremas de Toronto seja o fato de se poder ignorar as condições meteorológicas da cidade em boa parte do seu centro. Isso devido aos famosos Paths de Toronto, ou seja, seus caminhos subterrâneos.

Tudo começou em 1900 quando a loja de departamentos Eaton’s construiu um túnel que a ligava a uma praça próxima. Desde então, outros prédios “copiaram” a ideia e acabaram construindo mais de 30 Km de caminhos subterrâneos.

Se os paths de Toronto fossem considerados um único shopping, seria o maior da América do Norte, abrigando mais de 1200 lojas.

Por aqui passam mais de 200 mil pessoas todos os dias, sendo que a maioria trabalha em um dos edifícios que o compõem. Dos 25 prédios mais altos de Toronto, 18 estão conectados aos paths. O resultado é um conjunto de opções de compras, refeições e lazer.

Para quem não está acostumado, é fácil se perder, por isso o ideal é ter ao menos uma ideia de onde fica cada prédio, já que eles são os principais guias das placas. Fica um pouco mais fácil também quando você sabe que cada cor de setas indica uma direção, sendo azul para o Norte, vermelho para o Sul, laranja para o Oeste e amarelo para o Leste.

Eu costumo dizer que uma boa forma de orientação é olhar para o piso já que o acabamento das galerias subterrâneas seguem o mesmo padrão dos edifícios que as constróem. Por exemplo, ao ver mármore branco por todos os lados, sei que estou abaixo do Bay Adelaide Centre, ou seja, o prédio de Suits.

O vlog sobre os paths de Toronto vai ao ar na próxima quinta-feira, dia 15.

PATHS DE TORONTOPATHS DE TORONTOPATHS DE TORONTOPATHS DE TORONTOPATHS DE TORONTOPATHS DE TORONTOPATHS DE TORONTOPATHS DE TORONTOPATHS DE TORONTOPATHS DE TORONTOPATHS DE TORONTOPATHS DE TORONTOPATHS DE TORONTOPATHS DE TORONTOPATHS DE TORONTOPATHS DE TORONTOPATHS DE TORONTOPATHS DE TORONTOPATHS DE TORONTOPATHS DE TORONTOPATHS DE TORONTOPATHS DE TORONTO

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *